12.ª Conferência FORGES seleciona dois artigos da minha autoria

Ago 19, 2022

Dois artigos da minha autoria foram aceites para a 12.ª Conferência FORGES, que terá lugar de 23 a 25 de novembro, na Cidade da Praia, em Cabo Verde.

É com grande satisfação que partilho que os meus artigos “A sustentabilidade do Ensino Superior na Guiné-Bissau – dos desafios às recomendações” (escrito em coautoria com o Dr. Martilene dos Santos, Administrador Delegado para a Guiné-Bissau e Cabo Verde no Grupo Ensinus) e “Avaliação Comparativa de Políticas de Avaliação do Ensino Superior na Lusofonia” foram aceites para a 12.ª Conferência FORGES.

Sobre o artigo “A sustentabilidade do Ensino Superior na Guiné-Bissau – dos desafios às recomendações”, a comissão organizadora da 12.ª Conferência FORGES considerou que o tema apresentado, que tem como caso de estudo o Ensino Superior na Guiné-Bissau, ajuda a compreender os desafios estruturais do país e explora propostas de resolução na área das políticas educativas.

O segundo artigo aceite pela comissão organizadora, intitulado “Avaliação Comparativa de Políticas de Avaliação do Ensino Superior na Lusofonia”, foca “um tema pertinente” e sistematiza “um modelo comparativo de políticas públicas lusófonas na área da Avaliação De Qualidade e Acreditação do Ensino Superior”, segundo os responsáveis da iniciativa.

A 12.ª Conferência FORGES, que tem por objetivo promover a aproximação de toda a comunidade académica e refletir sobre os principais temas estruturantes do ensino superior, associa-se à comemoração do 16.º aniversário da Universidade de Cabo Verde que terá lugar a 22 de novembro.

A participação na conferência poderá ser feita presencialmente na Cidade da Praia ou a distância. É esperada a participação de investigadores e responsáveis de instituições de Ensino Superior de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Macau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor.

Partilhar